Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A professora de balé cearense Karoline Késsia teve o vestido de noiva levado em assalto e pede ajuda à polícia para investigar e localizar a roupa. Ela deu o celular, bolsa e outros pertences roubados, mas insistiu em ficar com o vestido. Karoline está com casamento marcado para 22 de abril.

“Eu pedi para eles não levarem, só o vestido, que era vestido de noiva, e feito sob encomenda, mas ele continuou apontando a arma pra mim e pedindo tudo”, recorda Karoline, de 20 anos. A peça custou R$ 1.300, paga em duas parcelas.

“Era o vestido com o qual eu sonhava. Vi um modelo parecido em uma costureira e pedi ele personalizado, feito sob medida”, disse.

O assalto aconteceu por volta das 19h30 na ultima terça-feira, 28 , na Rua Chico França, em Fortaleza, quando Karoline foi provar o vestido pela última vez, após ajustes feitos no ateliê.

A noiva disse ainda que teve dificuldade em registrar o boletim de ocorrência. “Procurei duas delegacias, mas nenhuma delas estava fazendo boletim e me pediram para fazer o boletim on-line, que também não deu certo”, afirma.

Na manhã dessa quarta-feira, ela conseguiu registrar o Boletim de Ocorrência. Segundo a Polícia Civil, após o registro do crime, os policiais vão investigar o caso para tentar localizar o vestido da noiva.

Com informações G1 – CE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp