Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A equipe que trabalha no Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Juazeiro do Norte movimentou, de janeiro a agosto deste ano, 5.925 processos distribuídos entre sentenças proferidas (1.018), decisões interlocutórias (1.927), despachos proferidos (2.366) e baixas processuais (614).

Além disso, o Juizado analisou 647 medidas protetivas de urgência, ajuizadas por mulheres vítimas de agressões. As medidas são apreciadas em no máximo 24h. O Juizado da Mulher de Juazeiro do Norte foi instalado em 2007. A Unidade tem atuação também nas Comarcas de Crato e Barbalha, envolvendo um contingente populacional que se aproxima de meio milhão de habitantes.

Entre janeiro e dezembro de 2019, o Juizado da Mulher de Juazeiro do Norte movimentou 14.203 processos. Os números, impulsionados pela celeridade na condução das atividades, contribuíram para que o Judiciário do Ceará obtivesse a terceira menor taxa de congestionamento entre varas e juizados especializados em violência contra o gênero feminino, segundo ranking do Justiça em Números 2020, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

*Com informações do TJCE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp