Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Entre 80% e 90% dos testes realizados pelo laboratório de emergência do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará, em Fortaleza, têm resultado positivo, afirmou o coordenador da unidade, Fábio Miyajima. Há 12 dias, o espaço opera para desafogar o Laboratório Central do Ceará, que concentra a maior parte dos exames feitos no estado.

Segundo Fábio, especialista em Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz no Ceará, o laboratório havia analisado mais de 500 amostras e liberado mais de 400 resultados.

As amostras são “demanda prioritária” do Hospital São José de Doenças Infecciosas e de outros hospitais indicados pela Secretaria da Saúde do Estado. O coordenador avalia que o índice elevado é esperado porque as amostras são de pacientes já internados com sintomas da doença.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp