Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Acontece nesta segunda-feira, 8, às 9h, no Hotel Amuarama, plenária de articulação do PT, PCdoB, PCO, CUT, PDT, PSB, movimentos sociais, federações e sindicatos para a mobilização da defesa democracia e do direito do Lula ser candidato no Estado do Ceará.

No local, estarão presentes ainda os parlamentares, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, presidentes dos diretórios municipais do Partido dos Trabalhadores do Ceará. “Precisamos mobilizar o maior número de pessoas para o dia 24. O PT, principalmente, tem que ocupar as sedes municipais com atividades durante todo o mês em defesa do Lula”, afirma De Assis Diniz, presidente do PT Ceará.

O PCdoB, aliado nacional do PT, também está engajado na luta em defesa da democracia e o direito do Lula ser candidato. “A unidade é a base para termos uma atividade forte com maior representatividade e força na sociedade”, explica Luís Carlos Paes, presidente do PCdoB Ceará. Outros partidos também estarão presentes no lançamento do Comitê Popular, como o PCO, PSB,PDT, dentre outros.

Dentre as atividades já agendadas está a realização no dia 13 do bloco “Tô com Lula CE”, com banda e caminhada pelo centro de Fortaleza, com horário e local de partida ainda para serem definidos. No dia 15, às 18h, o PT Fortaleza realiza Plenária Municipal com os filiados na sede do PT Ceará, e no dia 16, a Frente Brasil Popular Ceará realiza plenária de mobilização, ás 15h, na sede do Sindicato dos Bancários.

O “Tô com Lula CE” acontece no momento em que o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva é julgado em 2ª instância, mesmo sem provas, em Porto Alegre. “Defender o Lula é defender a democracia. O povo precisa ir às ruas lutar por justiça”, explica De Assis. No Ceará o dia do julgamento, 24 de janeiro, terá atividades na capital e mais seis cidades: Crateús, Limoeiro do Norte, Quixadá, Juazeiro do Norte e Sobral.

Na capital, a concentração acontece na Praça General Murilo Borges – Centro, onde está localizada a sede da Justiça Federal. Pela manhã as atividades se iniciam com um ato ecumênico e seguem com falas dos integrantes do Comitê Estadual e apresentações culturais.