Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A faixa litorânea e a região Jaguaribana concentraram as principais chuvas do Ceará. Os dados parciais indicam precipitações em 19 municípios. O maior acumulado informado até este momento foi de 82 milímetros, em Cascavel.

O cenário, que já havia sido indicado pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos (Funceme) na última sexta-feira, é reflexo da atuação de áreas de instabilidade que formaram-se próximo à costa do Nordeste e chegaram ao Ceará.

Para esta segunda-feira (8), a previsão é de chuva isolada nos litorais de Fortaleza e Pecém, assim como nas macrorregiões Jaguaribana e Maciço de Baturité. Para a Capital e Região Metropolitana, as chuvas deverão seguir até o período da tarde de hoje. Além das áreas de instabilidade, Fortaleza e RMF deverão sofrer influência da brisa marítima, sistema que se caracteriza pelo fluxo de vento que sai do oceano para a área continental.

Já amanhã, tal porção do estado tem, neste momento, possibilidade de chuva para o intervalo entre madrugada e manhã.

(*)com informação da Funceme

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp