Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A cidade de Milagres, na Região do Cariri, teve, nesta sexta-feira, 7, uma madrugada sangrenta após uma tentativa frustrada de assalto a agências do Bradesco e Banco do Brasil. Os bandidos entraram em conflito com a polícia e, pelo menos, 12 pessoas foram mortas. A polícia ainda não liberou dados sobre a identidade dos mortos.

As informações do correspondente do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Grande Fortaleza + 25 emissoras no Interior) na Região do Cariri, Sólon Vieira, (Rádio FM 104.3 – Grande Fortaleza + 25 emissoras no Interior).

A Secretaria de Segurança Pública reforçou o contingente de policiais no Municípios, com a presença de militares oriundos de outros municípios do Cariri, principalmente, de Juazeiro do Norte e Crato.

A Família foi abordada na BR-116

A família estava indo passar o Natal em Pernambuco, quando foi abordada pelos criminosos na rodovia BR-116. A quadrilha usou um caminhão para bloquear a estrada e abordar as vítimas. O sexto refém seria de Brejo Santo e também foi parado na rodovia.

Segundo o prefeito, os reféns foram executados pela quadrilha ao serem abordados pela polícia. Na família assassinada havia duas crianças com idades entre 10 e 13 anos. O grupo criminoso estava fortemente armado e houve intensa troca de tiros durante cerca de 20 minutos, o que deixou a população em pânico.

Informações de Sólon Vieira:

 

Dois suspeitos foram presos

Segundo o titular da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, dois suspeitos foram presos e um deles confessou que teria atirado em outras pessoas. “A gente não sabe ainda o que aconteceu. Houve uma troca de tiros. A informação preliminar que recebemos é que um dos criminosos presos acabou dizendo que matou pessoas que estavam no local e não eram da quadrilha. Mas toda informação é insuficiente. O trabalho da perícia é importante e a investigação. Confio muito no trabalho da nossa polícia”, disse André Costa.

O secretário disse ainda que uma equipe da Polícia Militar realiza buscas na região com objetivo de prender outros suspeitos. “São seis criminosos mortos e dois presos ajudaram na confirmação de quem eram os criminosos”. Durante a operação da polícia, segundo André Costa, os agentes apreenderam pistolas, espingardas calibre 12, munições e explosivos.

Também foram apreendidos uma pistola 9 milímetros, um revólver calibre 38, uma arma calibre 12 e explosivos foram apreendidos. Três veículos envolvidos na ocorrência, sendo um Celta e duas caminhonetes, foram encontrado. Equipes da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) realizam trabalho de levantamento de vestígios nos locais.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp