Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Um balanço da Secretaria de Turismo do Estado, com dados atualizados até às 18 horas desta quinta-feira (1º), mostra que 11.328 pessoas entraram no sistema de cadastro para o recebimento do auxílio destinado aos trabalhadores desempregados de bares e restaurantes no Ceará.

O auxílio, a ser pago pelo Governo do Estado em duas parcelas, é de R$ 1.000,00, e despertou a atenção de milhares de pessoas que enfrentam dificuldades para se alimentar e pagar contas básicas nesse período da nova onda da pandemia da Covid-19.

O que chama a atenção nos números apresentados pela Secretaria de Turismo é que mais de 70% dos pretendentes ao benefício não atendem ao perfil exigido para o credenciamento. O sistema de inscrições (https://cadastroauxilio.setur.ce.gov.br) começou a funcionar na última segunda-feira.

Dos 11.328 inscritos até o início da noite desta quinta-feira, 7.946 estão fora dos critérios para receber a ajuda. Outras 3.382 atendem, em princípio, às exigências e passarão, a partir do dia 9 de abril, pela análise final com vistas à liberação ou não do auxílio.

O requisito obrigatório, para o recebimento do benefício, de acordo com a lei, é que sejam trabalhadores recentemente desempregados, com última atuação registrada em estabelecimentos ou atividades que se enquadrem nas atividades com CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) do setor.

PENTE FINO

O período de inscrições vai até o próximo dia 8 e, 24 horas após o encerramento do cadastro, os técnicos da Secretaria de Turismo passam a realizar um pente fino no perfil dos trabalhadores e trabalhadoras que, com vínculo ao setor de bares e restaurantes, solicitaram a ajuda do Governo do Estado.

A lei sancionada pelo Governador Camilo Santana (PT) estabelece que o auxílio de R$ 1.000,00, dividido em duas parcelas, é direcionado aos trabalhadores do setor de bares e restaurantes que estão desempregados. Nesse perfil, entram garçons, cozinheiros, auxiliares de cozinha, gerentes e recepcionistas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp