Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O sonho de possuir a casa própria virou uma pesadelo para mas de 2 mil pessoas em Fortaleza, que acabaram caindo no golpe do Minha Casa Minha Vida cometido pela Associação Realizando Sonhos. A informação é do titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), da Polícia Civil, delegado Jaime de Paula Pessoa Linhares.

Os criminosos agiam, sobretudo, pelo “boca a boca”, enganando àqueles que tentavam garantir a compra do imóvel no Residencial Cidade Jardim II, no bairro Conjunto Walter, na Capital. O plano foi desarticulado na última sexta-feira e cinco suspeitos foram presos nessa segunda (02).

FO prejuízo das vítimas que procuraram a Delegacia até ontem vai de R$ 500 a R$ 10 mil – o valor total ainda é desconhecido. O bombeiro hidráulico Cláudio Paiva conta que ele e a filha perderam, juntos, R$ 2,6 mil. Eles tiveram que vender um carro e contrair um empréstimo para pagar as parcelas seguintes.

A Polícia Civil prendeu a presidente da Associação, Ana Paula Clemente da Silva, de 38 anos, e os colaboradores Sérgio Luiz Ferreira Rios Filho, 27, Wellington Fábio Lima da Costa, 27, Emerson Bento de Souza, 40, e Maria Clemilda Vasconcelos, 34. O grupo irá responder por estelionato, associação criminosa, falsificação e uso de documentos públicos e particulares, além de falsidade ideológica.