Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Mais de 23 milhões de pessoas fizeram o cadastro para receber o auxílio emergencial de R$ 600 que será liberado pelo governo federal aos trabalhadores informais por três meses, durante a pandemia do novo coronavírus. Deste total, 38,10% também solicitaram a abertura da poupança digital da Caixa. A estimativa do banco é de abrir 30 milhões de novas contas para o repasse dos recursos.

Além disso, o site oficial do auxílio recebeu aproximadamente 145 milhões de visitas. Na central telefônica 111, criada apenas para esclarecer dúvidas, foram registradas 1,4 milhões ligações, além de 48,4 milhões de SMS enviados.

Serão liberados cerca de R$ 98 bilhões a 54 milhões de pessoas, e o pagamento do auxílio será feito em três parcelas mensais.

A Caixa reforçou que não é necessária a corrida de trabalhadores a agências bancárias e casas lotéricas. Para cumprir as recomendações sanitárias de não gerar aglomerações que possam expor as pessoas ao risco de contágio da Covid-19, o planejamento foi elaborado de modo que todos os beneficiários recebam seus recursos de forma segura e organizada.

Critérios para receber o auxílio emergencial

Para ter direito à concessão do benefício no valor de R$ 600 em três parcelas, o trabalhador tem que cumprir os seguintes requisitos:

– Ser maior de 18 anos

– Não ter emprego formal ativo

– Não ser titular de benefício previdenciário ou assistencial ou beneficiário do seguro-desemprego

– Não ser beneficiário de programa de transferência de renda federal, exceto beneficiário do Bolsa Família, que receberá automaticamente obenefício de maior valor

– Ter renda familiar mensal per capita de até meio salário-mínimo ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos

– Não ter recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70

– Exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI), contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social ou trabalhador informal, de qualquer natureza, inscrito no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico).

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp