Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

De acordo com o Boletim Estatístico “Dez anos de trânsito”, da Seguradora Líder, que controla o pagamento do seguro DPVAT, em dez anos, 61.205 indenizações foram pagas a pedestres no Ceará. O seguro foi concedido a pessoas que foram alvo de sinistro no trânsito cearense e foi pago em razão de morte, invalidez permanente ou despesas de assistência médica e suplementares.

Conforme o estudo, entre 2008 e 2017, o maior pico de compensações financeiras restituídas pela Seguradora Líder, foi em 2014. Neste ano, diferente dos demais, o número de pedestres que requereram a recompensa chegou a 10.560, 17,2% do total da década.

Desde então, o número de pagamentos vem caindo. Foram 9.730 em 2015, 9.069 em 2016 e 7.035 em 2017. Só em 2018, entre janeiro e maio, já foram solicitados e pagos os prêmios de 2.142 cearenses vítimas de acidentes de trânsito, sendo quase a totalidade deles em decorrência de invalidez permanente (84,3%).

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp