Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O titular da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), Artur Bruno, se reuniu com prefeitos e secretários de municípios da faixa litorânea cearense, junto com diretores da Semace, Sesa, Fiocruz, Labomar, Marinha e Ibama, n tarde desta sexta-feira (22), para abordar o derramamento de óleo que atinge áreas do Ceará. O encontro aconteceu no Centro de Referência do Parque Estadual do Cocó. Durante a reunião, foi informado que há uma semana não se registram novas ocorrências no Ceará.

As ações de prevenção e mitigação de impactos decorrentes do derramamento de óleo em nosso Estado, como a barreira de proteção na foz do rio Jaguaribe, que já é um case nacional, estão dando resultado, explicou Bruno.

O superintendente da Semace, Carlos Alberto Mendes reforçou a iniciativa de enviar as 22 toneladas do óleo até agora coletado para a cimenteira Apodi, em Quixeré, para coprocessamento, dando correta destinação aos mesmos.

O objetivo do encontro foi compartilhar as informações sobre os trabalhos de monitoramento, prevenção e limpeza dos resíduos da mancha de óleo, além da distribuição de material produzido pela Casa Civil do Ceará para ser usado em atividades de educação ambiental entre pescadores, turistas e demais usuários de equipamentos do litoral.

Participaram da reunião representantes de 18 dos 20 municípios do litoral cearense: Trairi, Caucaia, Acaraú, Camocim, Barroquinha, Aquiraz, Fortim, Fortaleza, Cruz, Jijoca, Cascavel, Amontada, Beberibe, Aracati, Itapipoca, Paraipaba, Icapuí, Itarema. A preocupação geral é em relação aos pescadores e marisqueiras, que vivem dos frutos do mar.

Além disso, os representantes dos municípios foram orientados sobre como proceder no caso de necessidade de ações de limpeza, caso detectem óleo nas praias.

É importante informar os usuários sobre os procedimentos de emergência, além do uso de EPIs no manuseio do óleo, armazenamento adequado dos resíduos em barris de ferro e acionamento da Semace para recolhimento e envio para a cimenteira, explicou Sara Pianowski, técnica da Sema, que apresentou a cartilha.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp