Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Desde o fim de agosto, as manchas de óleo que surgiram no litoral nordestino, inclusive do Ceará, preocupa banhistas e acende uma luz amarela para o cuidado com o meio ambiente. De acordo com o Instituto Municipal de Fiscalização e Licenciamento Ambiental (Imfla) de Icapuí, a Praia de Barreiras, no extremo Leste do Ceará, registrou a presença do material nesta segunda-feira (21).

Autoridades e moradores estão assustados já que a praia de Icapuí atrai turistas cearenses e de outros estados brasileiros. O receio é que as manchas afetem os negócios na cidade. Até o momento, as demais praias do município não foram afetadas.

No Ceará, pelo menos outras 12 praias foram afetadas pelas manchas de óleo e pelo menos 16 animais foram achados sujos com o petróleo cru, entre aves, tartarugas e um golfinho.

Em todo Nordeste, as manchas de petróleo já atingiram 200 localidades em 78 municípios de 9 estados desde o início de setembro, segundo balanço mais recente do governo divulgado desta segunda (21). A substância é a mesma em todos os locais: petróleo cru. O fenômeno tem afetado a vida de animais marinhos e causado impactos nas cidades litorâneas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp