Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O comerciante Xico Canuto, dono do Bar Bicho Papão, foi assassinado por combater o tráfico de drogas na região onde trabalhava, na Praia de Iracema, em Fortaleza, concluiu a Polícia Civil após prisão do suspeito de ser o mandante do crime, anunciada nessa segunda-feira.

O preso, de 22 anos, estava foragido no Pará, onde moram os pais, de acordo com o delegado Leonardo Barreto, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa. Barreto afirma que o suspeito vendia drogas, e Xico Canuto não aceitava essa situação. Em virtude disso houve uma briga entre os dois, inclusive com ameaças, e depois ocorreu a morte.

O delegado observa que Canuto era um cidadão de bem, que era contra a traficância de entorpecentes e agia de forma contundente pra barrar esse tipo de prática ilícita nas imediações do comércio dele e infelizmente encontrou pelo caminho esse indivíduo. Ele está sendo apontando como mandante. Ele é autor imediato do crime.

Dois dias após o crime, os policiais detiveram uma adolescente suspeito de participação no crime. O jovem de 17 anos foi capturado pelo Batalhão de Policiamento Turístico.