Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O deputado estadual Marcos Sobreira (PDT) manifestou, nesta terça-feira (1º), em pronunciamento, na Assembleia Legislativa, solidariedade ao deputado federal José Nobre Guimarães (PT) que, nessa segunda-feira (30), em um voo entre Fortaleza e Brasília, sofreu ataques e agressões verbais por parte de um passageiro.

O passageiro, que não teve o nome identificado, mas aparece, em imagem, com duras palavras e expressões contra o deputado petista, sentou ao lado de Guimarães que, constrangido, anunciou que iria processar o agressor. O passageiro nomina Guimarães, o chama de capitão cueca, o provoca a se defender e pergunta se ele (Guimarães) não tem vergonha de roubar o Brasil.

O deputado Marcos Sobreira mostrou indignação, também, com o gesto do autor dos ataques verbais que, ao desembarcar em Brasília, foi chamado pela Polícia Federal e se limitou a um simples pedido de desculpas. Sobreira, ao definir o ato como desrespeito ao ser humano, não escondeu o seu sentimento de revolta ao falar que o pedido de desculpas não é suficiente para apagar a imagem de agressão verbal contra um cidadão, não contra o parlamentar.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp