Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Secretária de Gestão, do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, abriu guerra contra o deputado federal Domingos Neto (PSD) que anunciou a instalação de um núcleo do Curso de Medicina da UFC na cidade de Tauá, Região dos Inhamuns.

Mayra desmentiu a notícia e cobrou, também, ao reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Cândido Albuquerque, a contestar a informação e não gerar falsas expectativas para famílias e estudantes de municípios da Região dos Inhamuns.

“Tem gente que faz questão de passar mais vergonha! Vai ser preciso o reitor da UFC dizer publicamente que não há liberação de faculdade de Medicina para Tauá?”, cobrou Mayra Pinheiro, após a primeira postagem nas redes sociais desmentindo sobre a expansão do Curso de Medicina.


A mensagem da Secretária de Gestão é de contestação ao deputado Domingos Neto e constrangimento ao reitor Cândido Albuquerque. Domingos fez o anúncio do Polo de Saúde dos Inhamuns e disse que, com R$ 15 milhões de emendas ao Orçamento da União para 2020, as obras serão iniciadas. Ele disse, ainda, que, em março, estará na cidade de Tauá, com o Reitor da UFC, Cândido Albuquerque, para oficializar a instalação dos cursos de saúde na Região dos Inhamuns.

O primeiro comunicado de Mayra, nessa terça-feira (11), alertava sobre a falsa notícia: ‘’Comunico aos colegas médicos e entidades médicas do Estado do Ceará  que a notícia divulgada em 09/02/20, dando conhecimento à população da abertura de nova Faculdade de Medicina no município de Tauá, se trata de publicação irresponsável e inverídica, não confirmada pela UFC-CE e tampouco pelos órgãos federais responsáveis pela autorização para abertura de novos cursos ou ampliação de vagas de escolas médicas’’, disse Mayra, para em seguida acrescentar: ‘’Informo, ainda, que encontra-se vigente a moratória que sus pendeu a abertura de novos cursos médicos, estabelecida pela portaria nº. 328 de 2018’’.

Confira o vídeo do Bate-Papo entre os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida sobre o assunto:

[CLIQUE AQUI]
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp