Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta quinta-feira, 9, uma série de mudanças no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Diferentemente dos anos anteriores, quando o Enem era realizado em um final de semana (sábado e domingo), o Enem deste ano será aplicado em dois domingos consecutivos: 5 e 12 de novembro. As inscrições poderão ser feitas de 8 a 19 de maio.

No primeiro dia, os candidatos farão provas de Linguagem, Código e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e também Redação. Eles terão 5 horas e 30 minutos. No segundo dia, serão aplicadas as provas de Matemática e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. O prazo será de 4 horas e 30 minutos. Outra mudança é que os participantes receberão os cadernos de questão personalizados, ou seja, com o seu nome.

Outra modificação é que o governo federal não divulgará mais o resultado do Enem por escolas, o que possibilitava a comparação entre os colégios. A produção de rankings com base nas notas do exame é com frequência alvo de críticas de especialistas. A partir deste ano, o exame não poderá mais ser usado como certificado do ensino médio. O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) passará a cumprir esta função.

O MEC também anunciou outras datas do exame. O edital com as regras desta edição será publicado em 10 de abril, e o resultado dos candidatos será divulgado em 19 de janeiro de 2018.

Com informações O Estado de São Paulo