Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Estudantes cearenses de instituições federais aguardam a retomadas das atividades presenciais, paralisadas devido a pandemia do novo coronavírus. Diante desse cenário, o Ministério da Educação (MEC) divulgou, nesta quarta-feira (1º), as iniciativas para viabilizar a retomada das aulas no ensino federal. 

O órgão divulgou um protocolo de biossegurança que prevê aferição de temperatura na entrada dos estabelecimentos de ensino, utilização de máscaras, e álcool em gel, e distância de 1,5 metros entre estudantes na sala de aula. 

O protocolo lançado pelo MEC traz diretrizes sobre as condutas que devem ser adotadas em cada ambiente de ensino, como salas de aula, áreas comuns, laboratórios e auditórios. Além de orientações gerais e individuais. O MEC aposta em uma retomada de atividades de maneira híbrida, ou seja, com atividades presenciais e à distância.

De acordo com o secretário de Educação Superior do Ministério, Wagner Vilas Boas, o protocolo foi feito por uma equipe multidisciplinar,incluindo dois médicos, que tem como coordenador um pneumologista. Ainda segundo o secretário, o documento segue orientações da OMS, da OPAS, e verificamos outros protocolos adotados tanto no exterior quanto no Brasil.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp