Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Neste domingo, em pronunciamento, o ministro da Educação, Abraham Weintraub , disse que a pessoa responsável por divulgar imagens da prova do Enem aplicada neste domingo já foi identificada. Segundo ele, as fotos foram vazadas por um candidato após a conclusão da prova, porém antes das 18h, horário mínimo em que participantes podem levar os cadernos de respostas.

De acordo com dados do Inep, 3,7 milhões de pessoas fizeram o Enem neste domingo. A taxa de abstenção foi de 27,19%, a menor da série histórica. Só neste domingo, foram eliminados 371 candidatos, informou o Inep.

O ministro preferiu não revelar onde o candidato que vazou o material fez a prova. Para Weintraub, os episódios deste domingo são classificados como “mau comportamento” por parte do candidato, o que seria menos grave do que os vazamentos da semana passada, quando duas aplicadoras no Ceará foram identificadas por ter divulgado imagens da prova.

Weintraub disse que ainda há uma investigação se uma das aplicadoras seria inocente. O ministro classificou o ato de terrorismo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp