Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O médico e professor universitário Henrique César pediu, nesta quinta-feira (30), em seu comentário, no Jornal Alerta Geral (Rádios FMs 104.3 e FM 107.5 – Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior + Internet), mais atenção da Secretaria de Saúde do Estado para a adoção de medidas que garantam atendimento mais ágil a quem está nas longas filas para cirurgias. São, pelo menos, 49.000 pessoas – na Grande Fortaleza e no Interior, à espera de cirurgia.

Com essa fila interminável, segundo o médico Henrique César, os recursos que estão sendo liberados pelo Ministério da Saúde não irão ajudar na redução do número de pacientes que esperam por uma cirurgia.

Henrique César relata, ainda, a gravidade da situação e cita, como exemplo dos erros no gerenciamento do atendimento, três casos de pacientes que foram encaminhados para cirurgias antes de passaram por consultas.

Confira na íntegra o comentário do médico e professor universitário, Henrique César:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp