Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Ao mesmo tempo em que confirmou a expectativa do governo de aprovar o plano de privatização da Eletrobrás, uma das estatais mais inchadas do país, neste primeiro semestre, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, transbordou otimismo em relação à criação mercado de trabalho. Disse esperar que mais de 2,5 milhões novos empregos sejam criados neste ano.

Em entrevista coletiva durante o Fórum Econômico Mundial, Meirelles fez um balanço sobre a recuperação da economia brasileira, e disse que o país “está de volta ao jogo”, porque está conseguindo avançar na agenda de reformas e o otimismo está voltando.

E, para este ano, o ministro reforçou a previsão da pasta de que o Produto Interno Bruto (PIB) poderá ter expansão de 3%, após a “pior recessão da história” entre os anos 2015 e 2016Vale lembrar que o mercado não está tão otimista quanto Meirelles. As previsões do Fundo Monetário Internacional (FMI) e da Standard & Poor’s apontam taxas bem menores para o Brasil em 2018: de 1,9% e 2,2%, respectivamente.