Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Aeroporto de Jericoacora, no Litoral Oeste do Ceará, deverá receber a certificação definitiva para operação num prazo de até um mês. Os técnicos da Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC confirmaram a emissão do documento depois de inspeção ao equipamento. Eles avaliaram itens como infraestrutura, terminal de passageiros, pista e equipamentos de segurança. “Com a certificação definitiva não haverá mais nenhuma restrição para o aeroporto receber voos regulares. Além disso, também é um passo essencial para que, num futuro próximo, possamos operar voos internacionais”, afirmou o gerente de aeroportos do Departamento Estadual de Rodovias – DER, coronel Paulo Edson .

Além dessa inspeção, o aeroporto também foi vistoriado por técnicos da Secretaria Nacional de Aviação Civil – SAC e do Grupo Especial de Inspeção em Voo (Geiv), subordinado ao Departamento de Controle de Espaço Aéreo (Decea). A equipe do Geiv avaliou os sistemas de voo por instrumentos, o sistema de comunicação de rádio e o Papi (Indicador de Percurso de Aproximação de Precisão).

De acordo com o cel. Paulo Edson, o resultado da inspeção foi positivo e não foi encontrada nenhuma não conformidade em todo o processo, possibilitando assim a operação de voos por instrumentos. Agora o Decea expedirá uma licença definitiva para o aeroporto acerca dos aparelhos avaliados. O Aeroporto de Jericoacora já recebeu aproximadamente 80 mil passageiros desde a sua inauguração, e m junho de 2017. Atualmente, o equipamento conta com voos para Recife (PE) e Campinas (SP), pela Azul Linhas Aéreas, e para Congonhas (SP) e Guarulhos (SP), pela Gol.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp