Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), o mercado de cartões movimentou R$ 308 bilhões no terceiro trimestre do ano, cifra 9% maior que a vista no mesmo intervalo do ano passado. Trata-se do maior crescimento trimestral desde o 2º trimestre de 2015, quando o setor apresentou expansão de 9,4%, também na comparação anual.

Do total das compras com cartões no 3º trimestre, R$ 189 bilhões corresponderam à modalidade crédito, com alta de 7,6% ante um ano.  A taxa de crescimento apresentada, de acordo com a Abecs, é quase o dobro da verificada um ano antes, de 4%. Já a cifra movimentada pelos cartões de débito seguiu crescendo num ritmo maior. Foram registrados R$ 120 bilhões de julho a setembro, incremento de 11%, ante um ano. . Somadas as duas modalidades, crédito e débito, totalizaram 3,4 bilhões de transações no 3º trimestre, aumento de 8,5% em relação a igual período de 2016. A expansão foi de 5,1% e 11,5%, respectivamente. Os pagamentos por meio dos dois tipos de cartão representam 29% do consumo das famílias brasileiras.

A utilização de cartões para o pagamento de compras segue mais forte na Região Sudeste, que detém 60,5% de todo o volume movimentado. Em contrapartida, o crescimento mais expressivo no período veio da Região Sul, com alta de 10,5%. Em seguida, estão Nordeste (8,3%). A Associação destaca, em nota à imprensa, que o uso do cartão de débito no Nordeste, subiu 14,6%.

Com informações do Diário do Nordeste