Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Na tentativa de barrar a denúncia contra ele na Câmara, o presidente Michel Temer tem ligado para deputados indecisos para convencê-los a votar a favor do governo. As ligações ocorrem no intervalo entre eventos públicos e a agenda interna do presidente.

A votação está marcada para a próxima quarta-feira, 2 de agosto. O plenário da Câmara vai decidir se a denúncia da Procuradoria-Geral da República que acusa Temer de corrupção passiva deve ou não seguir para o Supremo Tribunal Federal (STF). O Palácio do Planalto quer o arquivamento do caso.

Nas ligações para os deputados indecisos, segundo aliados do presidente, Temer se explica, se defende, e tenta convencê-los a sepultar a denúncia. Ele também tem feito apelo para que os deputados leiam a peça de defesa feita por seus advogados.