Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Cenário de uma disputa política marcada pela presença de uma ex-presidente e um ex-candidato ao Palácio do Planalto, que protagonizaram a corrida eleitoral de 2014, Minas Gerais poderá voltar, neste ano, às mãos dos tucanos. A mais nova pesquisa do Ibope, encomendada pela Globo e divulgada nesta quarta-feira, aponta o candidato Antônio Anastasia (PSDB) com 31% das intenções de votos e, em segundo lugar, o atual  governador Fernando Pimentel (PT),  com 22%. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

A pesquisa divulgada nesta quarta-feira é a segunda feita pelo Ibope para o governo mineiro depois do registro das candidaturas e a primeira realizada desde o início da propaganda eleitoral na televisão e no rádio. No levantamento anterior, divulgado em 29 de agosto, Anastasia tinha 24% das intenções de voto e Pimentel, 14%.

Anastasia é cria política do senador Aécio Neves que o elegeu, em 2006, sucessor ao Governo de Minas e depois ao Senado. Após ser denunciado pela Operação Lava Jato, Aécio desistiu da reeleição ao Senado e concorre, neste ano, à Câmara Federal. A ex-presidente Dilma, que teve o mandato cassado pela Câmara dos Deputados, lidera as intenções de votos ao Senado Federal.

Veja as intenções de voto para o governo de Minas:

  •   Antônio Anastasia (PSDB): 31%
  •   Fernando Pimentel (PT): 22%
  •   Romeu Zema (NOVO): 7%
  •   João Batista Mares Guia (REDE): 2%
  •   Dirlene Marques (PSOL): 1%
  •   Adalclever Lopes (MDB): 1%
  •   Alexandre Flach (PCO): 1%
  •   Claudiney Dulim (AVANTE): 1%
  •   Jordano Metalúrgico (PSTU): 1%
  •   Brancos e nulos: 19%
  •   Não sabem: 13%

Na pesquisa espontânea, Anastasia é o mais citado pelos eleitores com 15%. O atual governador recebe 8% dos votos, seguido por Dirlene e Mares Guia, ambos com 1%, Outros candidatos somam 2%, brancos e nulos são 21%, e 48% não souberam apontar o seu voto espontaneamente.

O Ibope também questionou os eleitores sobre quem não votariam (pergunta que permitia mais de uma resposta) e Pimentel foi recusado por 36%. O ex-governador tucano teve 22%, seguido por Zema (11%), Mares Guia (9%), Lopes (8%), Dulim (8%) e Dirlene (8%). Flach e Jordano fecharam a lista, com 7% cada.

Na simulação de segundo turno feita pelo instituto, Anastasia está com 41% das intenções de voto e, Pimentel, 29%. Brancos e nulos somam 19%, enquanto 11% responderam não saber em quem vão votar.

Dilma lidera para ser senadora

Já na disputa pelas duas vagas pelo Senado por Minas Gerais, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) manteve a liderança com 28% das intenções de voto. Ela permanece com boa diferença para os outros concorrentes, além de oscilar para cima no limite da margem de erro, já que teve 22% no levantamento anterior.

O segundo colocado é Carlos Viana (PHS), com 12%,, que está em empate técnico com Dinis Pinheiro (SD) e Rodrigo Pacheco (DEM), ambos com 7%. Assim como a pesquisa para governador, a margem de erro é de também 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Nesta categoria, os entrevistados podiam dar duas respostas.

Veja as intenções de voto para o Senado:

  •   Dilma Rousseff (PT): 28%
  •   Carlos Viana (PHS): 12%
  •   Dinis Pinheiro (SD): 7%
  •   Rodrigo Pacheco (DEM): 7%
  •   Fábio Cherem (PDT) 5%
  •   Coronel Lacerda (PPL): 5%
  •   Rodrigo Paiva (NOVO): 5%
  •   Professor Túlio Lopes (PCB): 4%
  •   Bispo Damasceno (PPL): 4%
  •   Vanessa Portugal (PSTU): 4%
  •   Miguel Corrêa Júnior (PT): 4%
  •   Ana Paula Alves (PCO): 3%
  •   Duda Salabert (PSOL): 2%
  •   Kaká Menezes (REDE): 2%
  •   Edson André dos Reis (AVANTE): 1%
  •   Brancos e nulos para a primeira vaga: 20%
  •   Brancos e Nulos para a segunda vaga: 30%
  •   Não sabem: 56%

O Ibope ouviu 1.512 eleitores em Minas Gerais, entre os dias 9 e 11 de setembro. A pesquisa está registrada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) sob o número MG-00240/2018.

 

 

 

 

Com informação do UOL