Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/OMS) lançaram uma campanha que visa amenizar os  efeitos negativos da pandemia da COVID-19 na saúde mental dos brasileiros. Lançada na última sexta-feira (17), a campanha contará com oito vídeos voltados, principalmente, aos profissionais de saúde, familiares e cuidadores de pessoas idosas, à própria população idosa e aos pais e cuidadores de crianças.

A proposta da campanha é orientar sobre como as pessoas devem lidar com sentimentos, como medo e estresse, além de apresentar dicas e estratégias de cuidado em saúde mental. Para o secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministéro da Saúde, Erno Harzheim, os profissionais de saúde precisam de suporte psicológico para enfrentar essa situação de estresse com saúde mental suficiente para não adoecerem.

Segundo o secretário, a prioridade é o combate ao coronavírus, seus sintomas associados à síndrome gripal, à síndrome respiratória aguda grave e a necessidade de UTI. Mas, concomitantemente a isso, as pessoas que adoecem e seus familiares, que estão em isolamento social, e, principalmente, os profissionais de saúde que estão na linha de frente também são prioridades.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp