Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira (9) que poderá haver vacinação contra a Covid-19 no Brasil ainda neste mês de dezembro, ou no início de janeiro de 2021, se a farmacêutica Pfizer conseguir uma autorização emergencial junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). De acordo com o ministro Eduardo Pazuello, a vacinação em dezembro depende também se a empresa vai conseguir “adiantar” uma entrega de doses.

Caso aconteça, a imunização da população em dezembro ou no início de janeiro seria em caráter emergencial e atenderia a uma pequena quantidade de pessoas.

A vacina da Pfizer começou a ser aplicada no Reino Unido nessa terça-feira e, no mesmo dia, o governo brasileiro anunciou termo de intenção para comprar 70 milhões de doses da empresa.

O anúncio refletiu uma mudança de atitude, já que o governo antes havia dito que o país não tinha infraestrutura para armazenar as doses na temperatura exigida de 70º C negativos.

Também na terça, em reunião com governadores, Pazuello disse que a vacinação no Brasil começaria no fim de fevereiro. O ministro deu a declaração ao comentar a tramitação do registro definitivo da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e o laboratório AstraZeneca. O Brasil tem acordo para 100 milhões de doses dessa vacina.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp