Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ministério Púbico do Estado do Ceará (MPCE), por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Cariré, está realizando um trabalho relevante para combater a violência financeira contra idosos no Município. Após receber denúncia de que diversos idosos pagavam indevidamente pela manutenção de conta corrente na única agência do Banco Bradesco onde recebem benefícios de pensão e aposentadoria, a promotora de Justiça Christiane Valeria Carneiro de Oliveira promoveu uma audiência pública no último dia 1º, no auditório da Escola Francisco Hermínio Ponte, para informar a população local sobre a prática indevida.

Segundo ela, os idosos, na sua maioria carentes, não sabiam que teriam direito a receber seus benefícios em uma conta sem custos de manutenção, que é o caso da conta-benefício. Muitos recebem somente um salário-mínimo, o que torna o desconto de cerca de R$ 18,00 por mês um valor exorbitante.

Ao perceber que o problema poderia estar ocorrendo não só na sede do Município, mas, principalmente, na zona rural de Cariré, a promotora disse que promoveu a audiência pública para disseminar a informação e conscientizar a população de que a prática além de abusiva, viola o regulamento da Previdência Social, que assegura aos beneficiários, aposentados e pensionistas, a abertura da conta-benefício em qualquer agência bancária.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp