Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ministério Público do Trabalho (MPT) em parceria com a Organização Internacional de Trabalho (OIT) lançou a plataforma digital chamada “Observatório da Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil”. A plataforma foi lançada nesta quinta-feira (25) e tem como objetivo compartilhar informações sobre os casos de trabalho infantil no Brasil.

Com a ferramenta, o usuário pode acessar informações detalhadas como o total de crianças e adolescentes vítimas de acidentes de trabalho. Além disso, será possível realizar diferentes configurações. Para se filtrar a pesquisa, poderão, por exemplo, ser aplicados filtros de área geográfica, faixa etária e ramo de trabalho.

De acordo com o Ministério Público do Trabalho, entre 2007 e 2018, foram notificados 300 mil acidentes de trabalho entre crianças e adolescentes até os 17 anos. No mesmo período, ocorreram 42 óbitos devido acidentes laborais na faixa etária dos 14 e 17 anos.

Em 2017, cerca de 588 mil crianças com menos de 14 anos trabalhavam em atividades agropecuárias e 480 mil estudantes do 5º e 9º anos do ensino fundamental declararam trabalhar fora de casa.