Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ministério Público Federal no Ceará conseguiu a revisão do teto da média e alta complexidade pelo Ministério da Saúde, garantindo um aumento de repasse financeiro de R$ 1,6 milhão anual para o município de Barbalha. Além disso, três novos leitos de unidades coronarianas do Hospital do Coração do Cariri foram cadastrados para atendimento de pacientes do Sistema Único de Saúde. Com isso, o hospital deve retomar os atendimentos, que estavam suspensos.

Para os procuradores da República Celso Leal, Livia Sousa e Rafael Rayol, a meta é acabar com filas para realização de cirurgias do coração na região do Cariri. Atualmente, 121 pessoas aguardam a realização de cirurgia cardíaca e 13 pessoas esperam por implante ou troca de marcapasso.

Em reunião realizada na semana passada, o MPF determinou a imediata regularização dos atendimentos, fixando 10 dias para que a Secretaria de Saúde de Barbalha realizasse estudos financeiros, a partir do aumento de repasse, para garantir atendimento a pacientes do SUS pelo Hospital do Coração do Cariri, além da revisão de condutas e procedimentos cardiológicos na unidade de saúde.