Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Herman Benjamin, relator do processo de cassação da chapa da ex-presidente Dilma Rousseff e do atual presidente Michel Temer, comunicou que irá encaminhar o seu parecer para os demais integrantes da Corte Eleitoral 10 dias antes do julgamento em plenário.

A comunicação faz parte do ofício 41, de uma página, encaminhado ao presidente do TSE, Gilmar Mendes, no último dia 9 de fevereiro. Documento com o mesmo conteúdo também foi encaminhado para os demais ministros Luiz Fux, Rosa Weber, Napoleão Maia, Henrique Neves e Luciana Lossio

“No escopo de contribuir com os eminentes pares, informo que o relatório que apresentarei à Corte será encaminhado para cada Ministro com a antecedência de 10 (dez) dias da respectiva sessão de julgamento”, diz Benjamin em parte do documento.

A data da sessão que irá julgar as contas da campanha presidencial de 2014 de Dilma Rousseff e Michel Temer ainda precisa ser marcada pelo presidente do TSE, Gilmar Mendes.

Com informações O Estado de São Paulo