Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O índice de mortalidade por Infarto Agudo do Miocárdio, popularmente conhecido como “ataque do coração”, teve uma queda de quase pela metade no Brasil no período entre 1996 a 2016, mas mostrou crescimento quando analisado somente no interior do Norte e do Nordeste- sendo o sexo masculino o mais afetado.

Parte de uma tese de doutorado em Saúde Coletiva do curso de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora, a análise é feita a partir de dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade.

Levando em consideração a qualidade do registro de óbito no Brasil, que geralmente é melhor nas capitais do que nos interiores o estudo mostra que é comum, por exemplo, que sub-registros (quando a morte não é registrada) ou óbitos por “causas não definidas” ocorram mais nos municípios rurais do que nos urbanos, por apresentarem mais tecnologias no sistema de saúde, que viabilizam o diagnóstico de doenças.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp