Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Dois policiais, um bombeiro e um agente penitenciário ficaram feridos durante o motim dessa segunda-feira na Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor José Jucá Neto (CPPL III), em Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza. A Secretaria da Justiça e Cidadania informou que o tumulto foi controlado logo no período da manhã.

O motim teve início durante a madrugada e seguiu até o início da manhã. Os internos começaram a colocar fogo nos colchões e quebraram as celas da unidade prisional.

Equipes do Batalhão de Choque da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e do Grupo de Ações Penitenciárias Especiais foram acionadas para entrar no presídio e controlar a confusão. Os agentes feridos foram encaminhados para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para receber atendimento médico.

Internos também ficaram feridos durante o tumulto e foram atendidos na unidade hospitalar da própria CPPL. Não houve mortos e não há informação sobre fugas. Em nota, a Sejus informou que a motivação do motim foi a suspensão das visitas no fim de semana, após os agentes penitenciários frustrarem a escavação de um túnel feito pelos internos.