Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O terminal de ônibus do Papicu, em Fortaleza, foi fechado por motoristas e cobradores do transporte público na manhã desta terça-feira (6). A categoria protesta contra a instalação de um serviço que descarta a presença do cobrador nas linhas da Capital e Região Metropolitana. Segundo o Sindicato dos Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro), o protesto tem objetivo de impedir a instalação de um serviço que descarta a presença do cobrador nas linhas da capital e Região Metropolitana.

Segundo o Sintro, com a tecnologia implantada nos ônibus, haverá a demissão de 4.500 cobradores. Além disso, o Sintro informou que o processo dificultará o embarque dos passageiros e não descarta a possibilidade de acidentes, já que o cobrador auxilia o motorista na descida dos usuários. O sindicato também denuncia que não houve nenhuma sinalização de reunião para explicar como funcionaria essa fase de teste.

As mudanças acontecem na linha que faz o itinerário Siqueira/ Papicu/ Washington Soares e tem causado desconforto para alguns passageiros que, desinformados, aguardam o coletivo, mas só podem seguir viagem se o pagamento for realizado eletronicamente através do Passe Card ou da carteira de estudante com crédito.

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) diz que o projeto visa testar a tecnologia para maior agilidade nas viagens. “Essa decisão (da linha 150) foi tomada sem reunião nenhuma com os sindicatos representantes. E agora nossos profissionais estão trabalhando sem nenhuma garantia. O cobrador auxilia e tem uma visão no ônibus que o motorista sozinho não consegue ter”, alerta o presidente do Sintro, Domingos Neto.

Muitos passageiros ficaram revoltados com a paralisação. Um tumulto se formou na frente do terminal, com diversas pessoas se submetendo a alternativas de chegar ao trabalho.

A dona de casa Maninha pediu um celular emprestado para pedir uma carona ao filho. Em troca, levou a cabeleireira Mariene Souza para o trabalho, no Meireles.

Com informação do G1

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp