Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ministério Público entrou com uma Ação Civil Pública (ACP) por dano moral coletivo contra dois candidatos à Prefeitura de Reriutaba das coligações “Para Reriutaba seguir avançando” e “Reriutaba renova para crescer”. De acordo com informações do MP, os candidatos realizaram eventos de campanha com aglomeração de pessoas e desrespeito às medidas sanitárias de prevenção à Covid-19. 

Com a ação, o MP solicita à Justiça que os candidatos não participem, organizem, façam propaganda ou contribuam com a realização de eventos que gerem desrespeito às regras sanitárias previstas nos decretos Estaduais e Municipais, sob pena de imposição de multa diária de R$ 100 mil por evento. 

Além disso, os candidatos à prefeitura de Reriutaba descumpriram a recomendação do Ministério Público que alertava sobre a obrigatoriedade de cumprir as determinações dos Decretos Estaduais nos atos de campanha que possam gerar aglomeração de pessoas.    

(*) Com informações do Ministério Público do Ceará