Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Governador Camilo Santana anunciou nesta segunda-feira, no Centro de Eventos, que os municípios do Ceará que atenderem a critérios para melhorar resultados no enfrentamento ao Aedes aegypti e arboviroses (dengue, zika e chikungunya) terão R$ 10 milhões em incentivo. O anúncio foi dado durante o lançamento de ações de combate ao mosquito.

O recurso será destinado aos municípios que cumprirem todos os critérios descritos na execução de ações previstas de julho a dezembro de 2017. O estímulo tem como objetivo a redução da incidência das arboviroses, a prevenção à ocorrência de casos graves e a ampliação da cobertura de visita domiciliar para melhorar a qualidade dos dados de infestação vetorial.

Camilo destacou ainda medidas como a teleconsultoria para arboviroses, a contratação de equipes para investigação de casos graves e formas atípicas de chikungunya e capacitação de agentes de endemias também serão anunciadas.

O último boletim divulgado na sexta-feira passada indica que foram 26 óbitos em decorrência de chikungunya no Ceará, sendo 13 do sexo masculino e 13 do sexo feminino. As vítimas tinham entre 10 e 92 anos de idade e eram residentes dos municípios de Fortaleza (20), Caucaia (3), Beberibe (1), Pacajus (1) e Senador Pompeu (1).