Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Não há possibilidade de criação de imposto para financiar a segurança pública, afirmou nessa quinta-feira o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, acrescentando que o governo não trabalha com nenhum aumento de impostos neste ano.

Meirelles também afirmou que a não aprovação da reforma da Previdência em 2018 vai demandar corte equivalente de despesas em outras áreas da administração no próximo ano, sem especificar os montantes envolvidos.

Nesta semana, o governo jogou a toalha em relação à proposta devido à decisão pela intervenção federal no Rio de Janeiro, que não permite mudanças constitucionais enquanto estiver em vigor. Para Meirelles, é importante que a alteração das regras previdenciárias volte à mesa assim que finalizado o período de intervenção.