Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A uma semana do primeiro turno das eleições deste ano, os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida conversaram sobre a expectativa e o sentimento do eleitorado para o pleito de 7 de outubro. O assunto foi destaque no Bate Papo Político do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior).

O jornalista Beto Almeida destacou que a semana será decisiva tanto para os candidatos, que tentam consolidar o seu eleitorado, quanto para os próprios eleitores, seja aqueles que já sabem em quem vão votar ou não. Beto ressaltou que os brasileiros devem se manter em equilíbrio para fazer uma escolha sensata no próximo domingo, 7, ligada ao bom senso e menos a emoção. Beto pediu, inclusive, que o eleitorado evite ao máximo as redes sociais, que, para ele, estão mais “intoxicadas” neste período eleitoral do que a vida real.

O jornalista Luzenor de Oliveira destacou que em um período eleitoral os extremismos devem ser deixados de lado. Para ele, a racionalidade, neste caso, deve se sobrepor a paixão para evitar que conversas cotidianas não se tornem discussões acaloradas. Para ele, deve-se preservar as relações familiares e de amizade nesse período. Luzenor pede que os eleitores pensem bem em qual candidato vai votar, já que a nossa decisão influencia a vida de todos os brasileiros e podem ter desdobramentos pelo próximos quatro anos.

Pesquisa FSB/BTG Pactual

Os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida ainda destacaram o levantamento FSB/BTG Pactual divulgado nesta segunda-feira, 1º. De acordo com a pesquisa, Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) continuam polarizando a disputa, com 31% e 24%, respectivamente, no cenário estimulado.

O jornalista Beto Almeida destacou que o penúltimo debate eleitoral entre os presidenciáveis antes do primeiro turno, ocorrido na noite desse domingo, 30, na TV Record, endossou a crítica do pelotão intermediário – Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmin (PSDB) – a polarização exposta pela pesquisa divulgada hoje. O objetivo dos candidatos, segundo Beto, é tentar tirar votos de Bolsonaro e Haddad a sete dias das eleições.

Alckmin ultrapassa Ciro

Luzenor e Beto ressaltaram que essa estratégia pode estar começando a dar resultado. Prova disso é o crescimento de Geraldo Alckmin (PSDB), que assumiu a terceira posição pela primeira vez em toda a disputa pelo Palácio do Planalto. O tucano, segundo o levantamento FSB/BTG Pactual, subiu de 8% para 11% em uma semana, ultrapassando o pedetista Ciro Gomes, que caiu de 10% para 9%.

Luzenor destaca, no entanto, que o espaço de tempo é curto para Alckmin tentar uma reação e alcançar o segundo turno. O crescimento de Alckmin, para Beto, porém, pode fazer com que o tucano receba mais apoio dos partidos do Centrão que, nos estados, já avaliavam se apoiariam ele ou não nesta reta final da campanha eleitoral.

Gostou do que foi debatido no Bate Papo Político de hoje? Então clica no player abaixo e ouça as análises dos jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida na íntegra! 

BATE PAPO 01.10.2018