Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Assembleia Legislativa do Ceará, por meio do Núcleo de Saúde do Trabalhador e Programa de Saúde Coletiva, divulgou, nesta quinta-feira (22), o “Protocolo de Biossegurança: prevenção e controle da Covid-19 no retorno às atividades presenciais do DSAS”, para servidores da Casa. A atividade foi realizada por meio de duas reuniões realizadas no Complexo de Comissões Técnicas da Casa. A medida visa reforçar as ações já em curso no Poder Legislativo para garantir a segurança sanitária dos trabalhadores e do cidadão que frequenta a Assembleia.

A ação, desenvolvida pelo Departamento de Gestão de Pessoas (DGP), contemplou diversos setores da Casa, como as comissões técnicas, comitês, conselhos, coordenadorias, departamentos, diretorias, institutos, procuradorias, Memorial Pontes Neto (Malce) e Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace).

Nos dois encontros, os servidores foram saudados pela primeira-dama da Assembleia, Cristiane Leitão, pelos componentes do núcleo e pelo diretor do DSAS, Luis Edson Sales. Cristiane Leitão enfatizou a importância do surgimento do núcleo e conclamou os servidores a estarem unidos na divulgação de medidas de combate à Covid-19.

“O objetivo do núcleo é a promoção da saúde do nosso público interno, que são os nossos servidores. Estamos mostrando todos os cuidados que os servidores devem ter para retornar ao trabalho”, afirmou, em referência ao retorno gradual às atividades presenciais de trabalho na Alece.

Segundo a primeira-dama da Assembleia, as orientações estão sendo repassadas inicialmente aos coordenadores e dirigentes dos setores, mas serão encaminhadas aos servidores, que passarão por treinamento de biossegurança.

“Estamos passando por uma pandemia e tivemos muitas perdas. O presidente Evandro Leitão (PDT) tem um olhar humanizado e temos uma grande preocupação com a questão da saúde. A importância de prevenir e de levar a promoção da saúde para evitar problemas, ou seja, patologias, que poderão existir nos levam a trabalhar nesse sentido”, afirmou, pontuando que os servidores da Casa devem retornar paulatinamente e de forma segura ao trabalho presencial em agosto.

O núcleo é composto por Luis Edson Sales (diretor do DSAS), Lídia Lourinho (coordenadora), Joaquim Sampaio Garcia Filho (médico), Norma G. Souza (enfermeira), Rosilene Aragão (ergonomista) e Débora Freire de Sousa (técnica de segurança).

O diretor do DSAS e presidente da Associação dos Servidores do Poder Legislativo (Assalce), Luis Edson Sales, apresentou aos servidores o médico Joaquim Sampaio Garcia Filho, que atua no núcleo a partir deste mês. “Estamos em vias de voltar gradualmente, e essa medida de implantar o Núcleo de Saúde do Trabalhador foi de suma importância para trazer informações sobre a biossegurança para os servidores e para o público que temos de receber na Assembleia”, afirmou.

O médico Joaquim Garcia Filho apresentou aos dirigentes de setores da Alece o Protocolo de Biossegurança, detalhando as medidas necessárias ao retorno presencial às suas funções. “São medidas importantes para que tenhamos um controle da pandemia e da infecção, visando evitar que os colaboradores da Casa se infectem e que sejam contaminados com o vírus”, ressaltou. Cada coordenador setorial recebeu uma cópia do protocolo para divulgação junto aos servidores com quem atuam cotidianamente.

(*) Com informações Assembleia Legislativa do Ceará

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp