Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O balanço da Operação Corpus Christi em 2017, apresentada nesta segunda-feira pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), mostra que houve redução do número de acidentes e o de mortes em relação ao mesmo período de 2016. Os acidentes caíram 21% em relação ao ano passado e as mortes 60%. A operação encerrada no domingo registrou 30 acidentes, com 27 feridos e duas mortes nas rodovias federais do Ceará.

As duas mortes aconteceram no sábado (17). O primeiro foi na cidade de Itapipoca, quando um pedestre foi atropelado ao tentar atravessar a rodovia BR-402. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O outro acidente aconteceu na BR-222 em Fortaleza. Um motociclista morreu após perder o controle da moto e cair em uma ribanceira.

A Operação fiscalizou 3.971 pessoas e 3.605 veículos, lavrando 1.489 autos de infração, sendo 132 por ultrapassagens proibidas, 31 pelo não uso do cinto de segurança/cadeirinha, 23 pelo não uso do capacete. No total, 99 CRLVs e 18 CNHs foram recolhidos. Também foram prestados 37 auxílios a usuários e 41 animais soltos em rodovias federais foram recolhidos.

Foram realizados 1.621 testes de etilômetro, onde 16 pessoas foram autuadas e duas pessoas foram detidas ao serem flagradas dirigindo sob efeito de bebida alcoólica. Foram

Foram capturadas 2.382 imagens de veículos trafegando em excesso de velocidades pelos radares fotográficos. Aliando fiscalização à educação para o trânsito, a PRF realizou palestras educativas durante as abordagens a veículos e ônibus que utilizaram rodovias federias para seu deslocamento. No total, 2.007 pessoas foram sensibilizadas em 29 ações de educação para o trânsito.