Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Foto: Reprodução.

Pouco depois da metade do mês, o Ceará já atinge 71% do volume esperado para todo o mês de abril, de acordo com dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). As precipitações do início do mês causaram diversos transtornos, como estradas quebradas, suspensão de aulas em escolas e alagamentos de comunidades. No entanto, também foi o período em que os açudes Castanhão e Orós receberam grande aporte.

Os dados da Funceme mostram ainda que a média para o trimestre já foi superada. O esperado era de 510 mm, mas já choveu 535,9 mm, um saldo positivo de 5,1%.

Das oito macrorregiões monitoradas pela fundação, o Litoral Norte foi onde mais choveu, já superando a média esperada para o mês inteiro. Em março, essa região também foi a que mais registrou precipitações. Outras seis macrorregiões registraram mais de 50% da média na primeira quinzena de abril. A única que ainda não atingiu essa meta foi a região Jaguaribana, onde choveu 48,3% da média.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp