Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Devido à estiagem do ano passado e a redução dos níveis de água nos reservatórios brasileiros, o Governo Federal optou por aumentar o uso de usinas termelétricas para garantir o abastecimento de energia. A medida foi justificável, mas resultou em um grande peso para o orçamento da nossa população. O custo da produção de energia nas termelétricas é três vezes mais caro do que nas usinas hidrelétricas, o que ocasionou em um aumento de mais de 20% na tarifa de luz. Porém, com as chuvas no início deste ano, o cenário vem mudando e a capacidade dos reservatórios hidrelétricos no Brasil, principalmente no Norte e Nordeste, está acima de 70%. Apesar disso, nossa principal fonte de energia continua sendo as usinas termelétricas. O que justifica isso? Por que não aumentar o uso da energia produzida nas hidrelétricas? Por que continuamos a pagar o preço mais caro, enquanto há uma alternativa mais barata e sustentável? Precisamos cobrar do Governo Federal uma posição e atitude. Os contratos realizados com as usinas devem ser renegociados para que uma transição inicie imediatamente, fazendo com que as companhias elétricas baixem o custo da energia para o consumidor final, principalmente aqui no nosso Ceará. Não há tempo a perder enquanto a população paga o preço mais caro. Os cidadãos já foram muito penalizados com constantes aumentos e precisam de um alívio, com urgência.Danniel Oliveira Deputado Estadual (MDB/CE)https://linktr.ee/depdannieloliveira

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp