Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (11), mais uma fase da Operação Arquivo Proibido com o objetivo de combater a posse, divulgação de imagens e/ou vídeos de pornografia infantojuvenil pela internet.

Mandado de busca

Policias federais cumpriram um mandado de busca na capital cearense. A ordem judicial foi expedida pela Justiça Federal do Ceará. Não houve prisão.

Apreensão

No local da busca foram apreendidos diversos materiais de informática que serão encaminhados à Perícia Criminal da Polícia Federal para análise do conteúdo das informações. A ação de hoje pode resultar em novas diligências, após análise do material apreendido.

As investigações são oriundas de inquéritos instaurados pela Polícia Federal e conduzidas pelo Grupo de Repressão aos Crimes Cibernéticos (GRCC) com a utilização de técnicas especiais de inteligência no combate aos crimes previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente-ECA que prevê penas de reclusão que variam de 1 a 6 anos.

Operação Arquivo proibido

No dia 20 de agosto deste ano, policiais federais, ao cumprirem um mandado de busca e apreensão em Fortaleza, no âmbito da Operação Arquivo proibido, prenderam um homem de 25 anos em flagrante no momento em que transmitia imagens de crianças e adolescentes em cenas de abuso e exploração sexual.