Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A “Operação Camarote” executada na manhã de hoje no distrito de Jurema, em Caucaia, resultou na prisão de três suspeitos de participação no crime organizado no município, além de um revólver calibre 22, drogas e R$ 70 mil em dinheiro. “Hoje também não foi um belo dia pra vagabundo. Iniciamos uma megaoperação, hoje, às 6 horas da manhã, no bairro Jurema na Caucaia – já que falaram que a polícia não entrava lá, como prometido, a gente foi”. A declaração do Secretário de Segurança Pública e Defesa Social, André Costa, dá o tom da música que o delegado pretende usar para coibir o crime organizado no Ceará.

A ação executada na manhã de ontem, 22, no distrito da Jurema, foi denominada “Operação Camarote” – fazendo menção aos traficantes que ficavam do sofá de casa vendendo droga. “Eles se sentem num verdadeiro lounge)”, disse André Costa.

Foram presos Cleuton da Silva Barbosa, de 22 anos; Maciel da Costa Martins, de 28 anos; e Eli da Silva Onofre, de 30 anos. Os três, segundo a Polícia, integram um grupo que agia na região, inclusive expulsando famílias da comunidade. O dinheiro apreendido foi encontrado na residência da mãe de Jéferson Luan Oliveira, que responde na Justiça por tráfico de drogas e homicídio, e é apontado como um dos líderes do bando criminoso. Segundo a Polícia, ele comandava as ações de dentro da unidade prisional onde se encontra detido.

Já a arma estava em poder de um comerciante, que foi autuado, mas não entrou na relação de presos. Os presos e o material apreendido foram levados para o 18º Distrito Policial (DP), local responsável pelo início das investigações. Outros envolvidos no grupo criminoso já foram identificados pela Polícia.

 

A operação envolveu mais de 220 policiais da PM (Choque, Canil, Raio, Gate, Ronda), Polícia Civil de vários distritos, Bombeiros Militares – salvamento e peritos criminais, além das coordenações de Planejamento da SSPDS e CIOPAER com um helicóptero dando apoio aéreo. Foi feito um cerco na região, ninguém entrava e ninguém saia, apenas estudante e trabalhador devidamente identificado.

 

População aplaudiu e espera novas ações

 

 

A iniciativa recebeu o total apoio da população de Caucaia que acompanha com interesse o desenrolar e espera que novas operações sejam desencadeadas. Os moradores há tempos estavam gritando por “socorro” devido os altos índices de assaltos, roubos e homicídios ocorridos em toda a Caucaia. O município é o segundo maior em população no Estado do Ceará e, devido sua proximidade com Fortaleza, herdou várias mazelas, inclusive o aumento da criminalidade e tráfico de drogas.

Usuários de transportes coletivos andam apavorados. Praticamente todos os dias há relatos de assaltos nos ônibus da empresa Vitória, única que atende o município. O distrito da Jurema, alvo da operação, é o maior do município. O assunto tem pautado praticamente todas as sessões da Câmara Municipal. Na terça-feira, 21, o vereador Mickauê levantou a questão e, no debate, os vereadores decidiram realizar uma audiência pública com a presença de autoridades da área, inclusive do Secretário de Segurança Pública e Defesa Social, André Costa.

Dias antes, os mesmos vereadores tinham protocolado um pedido junto a SSPDC para que o titular, André Costa, comparecesse ao legislativo e explicasse as ações da pasta para o município. Os parlamentares também cobram as promessas feitas pelo governador Camilo Santana quando da campanha do prefeito Naumi Amorim. Na época, Camilo prometeu melhor a segurança de Caucaia e implantação o BPRaio. Também cobram a promessa do prefeito Naumi Amorim que, quando deputado estadual, aprovou projeto para instalar câmeras de segurança nos principais corredores comerciais do município.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp