Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ministério Público do Estado do Ceará deflagrou a Operação “Frete Grátis” para investigar o envolvimento de agentes públicos de Acarape e de empresários em irregularidades na aquisição de passagens aéreas e de pagamento de diárias. Nessa terça-feira foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão em Acarape e em Fortaleza, com o apoio do Departamento Tático Operacional da Polícia Civil.

A investigação da Procap aponta indícios de envolvimento do prefeito e do vice-prefeito além dos secretários municipais e da empresa “Próximo Destino Turismo e Viagens”. Conforme apurado pelo MP, ficou evidenciado que o Município de Acarape pagou à empresa de turismo valores relativos à aquisição de bilhetes de passagens aéreas de viagens que não ocorreram. Além disso, o Município pagou diárias aos agentes públicos sem que estes tenham realizado as viagens.

Os nove mandados foram cumpridos na Prefeitura de Acarape, na empresa de turismo, que é localizada em Fortaleza, e nas residências das empresárias. Foram apreendidos equipamentos eletrônicos e documentos.

(*) Com informações do MPCE.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp