Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) soltou nesta quarta-feira (7), três advogados presos na Operação Rábula, deflagrada pelo Ministério Público do Ceará (MPCE) na última sexta-feira (2). As prisões foram revogadas através de habeas corpus.

De acordo com a defesa dos suspeitos, a detenção da cliente é “desnecessária”. A Operação cumpriu 15 mandados de prisão, sendo 8 deles contra advogados.

De acordo com o Ministério Público, a quadrilha realizava a distribuição de processos para juízes previamente escolhidos, garantia a transferência de presos para unidades prisionais específicas, antecipava audiências de custódia, elaborava cartas de oferta de emprego e certidões negativas falsas e influenciava em decisões judiciais.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp