Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
A Operação Sorriso retorna ao Ceará pela 26ª vez para a realização de mais um mutirão de correção de lábio leporino e fenda palatina, a partir do dia 9 de outubro. Desta vez, a missão humanitária será no interior do estado, na região do Cariri, onde a ONG realizou programas entre 2007 e 2009, no município de Barbalha.
Na missão de 2018 devem ser realizadas cerca de 40 cirurgias gratuitas entre os dias 11 e 14 do próximo mês. No Ceará (Fortaleza e Barbalha), a Operação Sorriso já atendeu mais de 4.400 pacientes, realizou mais de 39 mil consultas médicas e operou 2.150 pessoas, tudo de forma gratuita.
“Segundo pesquisa realizada pelo Centro de Estudos do Genoma Humano da USP, cuja equipe participa das missões da Operação Sorriso, a taxa de recorrência da fissura labiopalatina em uma mesma família – que é um indicativo da influência de fatores genéticos – é maior na região do Cariri do que em outras cidades brasileiras pesquisadas. Essa informação foi determinante enquanto estudávamos o melhor local para realizar a missão”, explica Fernanda Carbonari, coordenadora de programas da Operação Sorriso.
Como participar
Este ano, para participar da triagem, basta comparecer à seleção no dia 9, na Unidade Básica de Saúde Pirajá (em Juazeiro do Norte), levando documentos de identificação do paciente e também do responsável (caso o paciente seja menor de idade). Pacientes e mais um familiar que residam fora do município poderão solicitar hospedagem gratuita no dia da seleção. Nesse caso, a Operação Sorriso também oferecerá transporte do local da hospedagem à instituição de saúde, além de alimentação sem custo.
Após a triagem, os pacientes selecionados passarão pela cirurgia com os voluntários da ONG no Hospital São Raimundo (no Crato), a partir do dia 11 de outubro. “A missão fortalece ainda mais o trabalho que desenvolvemos na região como uma instituição filantrópica. Não é apenas uma questão financeira, mas humanitária e que faz a diferença na vida de milhões de pessoas carentes”, explica Valério Faheina, diretor administrativo do Hospital São Raimundo.
Pré-triagem
Até o dia 8 de outubro é possível fazer um atendimento odontológico pré-triagem de pacientes com o Dr. Romildo Bringel, na Faculdade Leão Sampaio. Ele acontece às segundas-feiras, das 8h ao meio-dia, por ordem de chegada. Os pacientes atendidos são encaminhados para fazer exames e raio X, mas mesmo assim devem comparecer na triagem do dia 9 de outubro para serem avaliados pelos voluntários da Operação Sorriso e terem a chance de fazer a cirurgia.
Sobre a Operação Sorriso
A Operação Sorriso é a maior organização médica voluntária do mundo. Reúne profissionais de 60 países para ajudar exclusivamente pessoas nascidas com deformidades faciais, especialmente lábio leporino e fenda palatina. Em 35 anos de trabalho, já transformou a vida de mais de 270 mil crianças pelo mundo.
No Brasil, as ações tiveram início em 1997 e já foram realizados mais de 100 mil exames e avaliações especializadas e 5,4 mil cirurgias em doze estados brasileiros, tudo de forma gratuita à população.
Para quem quiser ajudar a ação humanitária, pode fazer doações em dinheiro pelo site: www.operacaosorriso.org.br/index.php/get-involved/doacao-financeira/ Ou direto em conta:
Associação Operação Sorriso do Brasil, CNPJ: 08.691.563/0001-85, Banco Itaú (341), Ag: 8729
C/C: 23082-4 e comunicar depósito ao e-mail: contato@operationsmile.org.
Com informações da Comunicare Consultoria