Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Pelo terceiro mês consecutivo, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do Ceará chegou próximo aos 60 pontos. Em fevereiro, a pontuação foi de 57,4, o que indica um bom nível de confiança do empresário cearense. É o que aponta o estudo realizado pelo Núcleo de Economia e Estratégia da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).

No Brasil, o comportamento foi semelhante, com recuo de 0,2 ponto na passagem de janeiro de 2018 para fevereiro de 2018, com ICEI em 58,8 pontos. Vale destacar que esse valor supera média histórica do indicador, que após a crise econômica do País, encontra-se em 54,1 pontos.

Na análise setorial, o ICEI da Indústria da Construção cearense apresentou o primeiro recuo dos últimos 5 meses, registrando queda de 1,8 ponto em comparação ao mês de janeiro de 2018, atingindo 58,7 pontos, reflexo da retraída no indicador de expectativas do segmento. Da mesma maneira, no Brasil, o setor apresentou um recuo de 0,9 ponto, alcançando 56,3 pontos, resultado 8 pontos melhor do que o registrado em igual período de 2017.

Em relação à Indústria de Transformação, o Ceará apresentou queda de 1,6 pontos no índice, atingindo o valor de 57 pontos. No Brasil, o indicador ficou com 59,4 pontos, registrando aumento de 0,1 ponto na passagem para o mês de fevereiro de 2018, praticamente estável.

Com informações Diário do Nordeste