Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) realizou, hoje (10), exames periciais na rodovia BR 116 para produzir um laudo, objetivando apontar a velocidade percorrida pelo carro que atropelou Francisca Sulamita dos Reis Marques (52), no momento do acidente – em março deste ano. Testes foram feitos a partir pontos marcados pelos peritos na via e dois veículos da Pefoce foram utilizados para simular o trajeto que o Corsa Wind de cor vermelha, que atingiu a vítima, percorreu.

O trabalho foi desenvolvido por profissionais, atuantes nos Núcleos de Áudio e Vídeo e de Perícia Externa. A produção do laudo, visando apontar a velocidade do veículo no instante da ocorrência, foi solicitada pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE). Para que isso seja determinado, foi necessário fazer um levantamento no local, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no isolamento do trecho. O trabalho foi feito com a utilização de câmeras fotográficas, trena eletrônica e equipamentos de áudio e vídeo.

O acidente
O caso foi registrado, na noite do dia 10 de março, na altura do quilômetro dez da BR 116. O veículo atropelador fugiu do local. Na rodovia, ficou a parte de baixo do corpo da vítima, enquanto o restante do corpo foi levado e localizado somente três dias depois. Um trabalho de investigação desenvolvido em conjunto pela DHPP, juntamente com o Departamento de Inteligência Policial (DIP) da Polícia Civil, resultou na prisão de Marluan Teixeira Freire (23), por atropelar e matar Francisca Sulamita. Ele foi capturado no dia 23 de março e, posteriormente, foi posto em liberdade pela Justiça. Marluan responde ao crime em liberdade.

Fonte: SSPDS