Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A menos de um mês para o primeiro turno das eleições municipais de 2020, o Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope) aponta os cenários das disputas nas capitais do país. O levantamento mediu a intenção de voto estimulada, a espontânea e a rejeição aos candidatos de 25 cidades do Brasil. Os resultados da pesquisa foram divulgados entre os dias 2 e 16 de outubro.

Confira os resultados nas 6 capitais mais populosas do país (Brasília é a 3ª capital mais populosa, porém não possui eleições municipais):

São Paulo (SP)

Com 12.325.232 de habitantes, segundo estimativa do IBGE para 2020, a capital paulista possui 8.986.687 eleitores aptos a votar no pleito deste ano, de acordo com levantamento do TSE.

– Celso Russomanno (Republicanos): 26%

– Bruno Covas (PSDB): 21%

– Guilherme Boulos (PSOL): 8%

– Márcio França (PSB): 7%

– Vera Lúcia (PSTU): 2%

– Antonio Carlos Silva (PCO): 1%

– Arthur do Val – Mamãe Falei (Patriota): 1%

– Jilmar Tatto (PT): 1%

– Joice Hasselmann (PSL): 1%

– Levy Fidelix (PRTB): 1%

– Marina Helou (Rede): 1%

– Andrea Matarazzo (PSD): 1%

– Orlando Silva (PCdoB): 1%

– Nenhum/branco/nulo: 20%

– Não sabe/Não respondeu: 8%

– Filipe Sabará (Novo) teve menos de 1%.

Rio de Janeiro (RJ):

Com 6.747.815 de habitantes, segundo estimativa do IBGE para 2020, a capital do Rio de Janeiro possui 4.851.887 eleitores aptos a votar no pleito deste ano, de acordo com levantamento do TSE.

– Eduardo Paes (DEM): 27%

– Crivella (Republicanos): 12%

– Martha Rocha (PDT): 8%

– Benedita da Silva (PT): 7%

– Cyro Garcia (PSTU): 3%

– Bandeira de Mello (Rede): 2%

– Clarissa Garotinho (Pros): 2%

– Renata Souza (PSOL): 2%

– Luiz Lima (PSL): 1%

– Suêd Haidar (PMB): 1%

– Nenhum/branco/nulo: 28%

– Não sabe/Não respondeu: 7%

– Fred Luz (Novo), Glória Heloiza (PSC), Henrique Simonard (PCO) e Paulo Messina (MDB) tiveram menos de 1%.

Salvador (BA):

Com 2.886.698 de habitantes, segundo estimativa do IBGE para 2020, a capital da Bahia possui 1.897.098 eleitores aptos a votar no pleito deste ano, de acordo com levantamento do TSE.

– Bruno Reis (DEM): 42%

– Pastor Sargento Isidório (Avante): 10%

– Major Denice (PT): 6%

– Olívia Santana (PC do B): 6%

– Bacelar (Podemos): 5%

– Cézar Leite (PRTB): 3%

– Hilton Coelho (PSOL): 2%

– Rodrigo Pereira (PCO): 1%

– Celsinho Cotrim (PROS): 0%

– Branco/Nulo: 17%

– Não sabe/Não respondeu: 8%

Fortaleza (CE):

Com 2.686.612 de habitantes, segundo estimativa do IBGE para 2020, a capital do Ceará possui 1.821.382 eleitores aptos a votar no pleito deste ano, de acordo com levantamento do TSE.

– Capitão Wagner (Pros): 28%

– Luizianne Lins (PT): 23%

– Sarto (PDT): 16%

– Heitor Férrer (SD): 6%

– Célio Studart (PV): 4%

– Renato Roseno (Psol): 3%

– Heitor Freire (PSL): 1%

– Anízio Melo (PC do B): 0%

– Samuel Braga (Patriota): 0%

– Nenhum/branco/nulo: 12%

– Não sabe/Não respondeu: 7%

Belo Horizonte (MG):

Com 2.521.564 de habitantes, segundo estimativa do IBGE para 2020, a capital de Minas Gerais possui 1.943.184 eleitores aptos a votar no pleito deste ano, de acordo com levantamento do TSE.

– Kalil (PSD): 58%

– João Vitor Xavier (Cidadania): 4%

– Áurea Carolina (Psol):3%

– Bruno Engler (PRTB): 3%

– Nilmário Miranda (PT): 2%

– Rodrigo Paiva (Novo): 2%

– Cabo Xavier (PMB): 1%

– Luisa Barreto (PSDB): 1%

– Marília Domingues (PCO): 1%

– Professor Wendel Mesquita (Solidariedade): 1%

– Lafayette Andrada (Republicanos): 1%

– Nenhum/branco/nulo: 14%

– Não sabe/Não respondeu: 9%

– Fabiano Cazeca (PROS), Wanderson Rocha (PSTU) e Wadson Ribeiro (PCdoB) tiveram menos de 1% cada

– Marcelo Souza e Silva (Patriota) não foi mencionado

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp