Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Cerca de 14,2% dos participantes de uma pesquisa que avalia os impactos do coronavírus em Fortaleza testaram positivo para anticorpos contra o novo coronavírus. A primeira fase do estudo preliminar, divulgado nesta sexta-feira (19) em coletiva de imprensa online, estima que mais de 370 mil fortalezenses já desenvolveram defesa contra a Covid-19. Até 10h de hoje, a Capital confirmou 32.423 infecções pela doença, de acordo com a plataforma IntegraSUS.

O levantamento feito por meio de uma uma parceria entre Governo do Ceará, Prefeitura de Fortaleza e Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), com realização do Instituto Opnus, realizou 3.300 testes em 39 bairros da cidade, entre 2 e 15 de junho. Mais duas fases ainda devem ser realizadas, com a mesma quantidade de testes, para embasar orientações quanto à assistência à saúde e à flexibilização de atividades econômicas.

De acordo com os dados, a prevalência é mais alta na Regional I, onde anticorpos contra o coronavírus foram encontrados em 20,3% dos participantes. A área também registrou o maior número de mortes na cidade. Já o menor índice foi registrado na Regional II, com 7,1%. Nas Regionais de III a VI, o percentual permaneceu próximo, entre 14,2% e 14,8%.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp